quarta-feira, 13 de julho de 2011

Obrigada, Elvis

Por ter balançado as cadeiras e feito o mundo ferver. Por ter chamado a atenção desse pessoal chato, sério e sem graça. Por toda a sua brilhantina no cabelo que fez a moda dos anos 70. Por ter dado coragem àquela banda dos 4 garotos e por terem sido vocês cinco os donos de tudo o que veio depois. Obrigada por ter feito essa sua expressão blasé que fez moda. Por ter pego esse instrumento disforme e cheio de cordas e ter feito acontecer. Obrigada por ter vindo ao mundo e ter feito a diferença. E por ser o pai que inspira seus filhos e netos e bisnetos do mundo da música pra sempre. No seu caso, obrigada por ter inspirado toda a boa música que veio depois. Porque até hoje as pessoas fazem música inspirada nas suas. Obrigada por esses seus versos rápidos e dançantes. E pelas calças pantalona. E pelas golas bizarras. E pela voz peculiar. E pelos olhos azuis. Obrigada por ter sido O REI (e aqui excluo todos os outros "reis". Nenhum se compara a você). Obrigada por ainda ser o artista detentor do maior número de hits nas paradas mundiais e por ainda ser o maior recordista mundial em venda de discos de todos os tempos. Obrigada por ter inventado o rock. E por fazer com que, ainda hoje, tudo o que seja boa música tenha a sua música como inspiração. E eu posso até admitir que você não é nem nunca foi dos meus músicos preferidos. Mas merece infinitamente o meu respeito por ter inventado o melhor estilo musical de todos os tempos. Feliz Dia Mundial do Rock, Elvis. Você, realmente, ainda não morreu.


5 comentários:

  1. sensacional! Obrigada mesmo, Elvis! =)

    ResponderExcluir
  2. Além de artista, um visionário.
    Ficou tão lindo seu texto!
    :_ )

    ResponderExcluir
  3. Verdade né? Se não fosse ele, estaríamos perdidos em meio a tanta música ruim! Graças porque ainda tem o que nos salve!!!
    Beijosss

    ResponderExcluir
  4. Adoro Elvis! E cada vez que tô na Lotação e escuto no meu celular a música "Suspicious Minds" tenho vontade de começar a cantar junto a plenos pulmões! Mas visto que a lotação não é lugar muito, digamos, "amigável", canto só em pensamento mesmo! Rs!
    Beijos

    ResponderExcluir